Tel: 

21 2267-3414
9783-3221

   À esquerda:  foto do prospecto do primeiro campeonato de Futevôlei. Colocamos no centro deste prospecto a foto  de  Almir Pernambuquinho, que foi o homenageado naquele torneio. Na foto à direita o mesmo Almir, com a camisa do Flamengo. 

  O introdutor do Futevôlei na praia foi o ex-jogador Octávio de Moraes, o "Tatá" (no centro da foto ao lado, tendo de cada lado Félix e Selmo, criadores do www.futevolei.com.br) do Botafogo e da seleção, filho da cronista Eneida. Em 1965 na Rua Bolívar em Copacabana, para burlar a proibição da policia de se jogar futebol e "linha de passe" na praia, Octávio resolve jogar em uma quadra de vôlei com rede e campo delimitado, o que era permitido. Juntamente com Tatá, os pioneiros do Futevôlei foram: Ralph, Luiz Fernando "Tananan", Airton, Adilton Brandão, Orlando "pingo de ouro, Feitosa, Francês, Carlson Gracie, Zé e Chico Brandão, Betão e Ricardinho Bedram. Foram surgindo então junto com eles as regras do novo esporte. No princípio jogavam 5 de cada lado. Depois apareceram as "duplas" e até mesmo as "umplas", ou seja, apenas um jogador de cada lado.

    Em 1968, Sergio "Cachorrão", Sergio "Motorzinho", Paulinho "Juca Chaves", Almir "Pernambuquinho" e "Fernando Dentista", participaram de uma partida de Futevôlei na Bolivar, levando-o para a rua Constante Ramos. Abaixo, em foto histórica, tomada de um jornal da época, alguns destes personagens que criaram o Futevôlei.



Da esquerda para a direita: Sérgio (Cachorrão), 
Almir Pernabuquinho, "Japona" e Sérgio Motorzinho

   Desde então os acima mencionados passaram a jogar com Dida, Vavá (o Leão da Copa do Mundo de 1962), Carlinhos"Violino"( do Flamengo), Dario "Bom Baiano"(zagueiro do Vasco), China (do Botafogo), Rudival, e  vários outros. 



  Muito lentamente, o futevôlei começou a se espalhar. Rua Santa Clara, Miguel Lemos, Figueiredo Magalhães e Posto 6. Em 1974 o esporte pegava definitivamente no Leme. Em 1975, foi levado para a rede da rua Montenegro em Ipanema e contou com a adesão de jogadores profissionais, principalmente do "gringo" Doval. A partir de 1980 o Futevôlei teve um desenvolvimento extraordinário, despertando o interesse de patrocinadores e da imprensa. Em 1984 a Televisão descobre o Futevôlei em Ipanema e promove desafios e disputas interestaduais com prêmios aos vencedores.

   
   
As duplas consideradas imbatíveis eram: Crioulo e Gugu (Copacabana), Marcelo e  Leivinha (Ipanema), Edinho (da Seleção) e Hulk (Copacabana) ou com Bira do Leme, Gugu e Jonas (irmãos futebolistas de Marcelo e também integrantes dos famosos times de praia Lagoa e Montenegro). 
   
   Jogadores tradicionais são também: Renan (considerado o maior jogador que houve no futevôlei), Ronaldo, Crioulo, Luciano, Cabeção, Selmo, Amoroso, Ronaldinho, Carlinhos, Berico, Beco, Airton, Parrumpa, Marco Otávio, André Zaga, Nelsão, Aldan, Lelé, Nandoca, André He Man, Dunga, Miguel, Cocada, Ninho e Guimarães (vide também ranking - item maiores de todos os tempos). 

   Atualmente os craques do esporte são: Papel, Tatá, Peão, Vinícius, Dico, Alexandre, Gaetano, Ebinho, Café, David, Helinho, Leo Tubarão, Gugui, Marcinho, Belo, Magrão, Marcelinho, Chumbinho, Cabeção, Anderson, Isael e Leandro.


  Jairzinho, tri-campeão do mundo pela seleção de 1970, praticando o futevolei em Copacabana
 O jogador Jairzinho

 

Nos primórdios do Futevôlai: De pé, da esquerda para direita - Cidinho (in memoriam) Sérgio (Cachorrão) e Jack Ades (um dos criadores do Fantástico). Agachados: Selminho (de nossa equipe) e Luiz Fernando

 

Nos itens Eventos, Galeria e Points encontram-se descritos muitos acontecimentos, alusões a personalidades de proeminência que poderiam figurar aqui, de forma que nos permitimos remeter o leitor para estes itens, que possuem maior rigor cronológico. Assim, dentre muitos eventos competitivos e/ou acontecimentos, cabe citar aqui, especialmente, que o Futevôlei foi agraciado, no ano de 1993, em duas modalidades (atleta: Renan e dirigente: Luis Cláudio, conhecido como "Crioulo")  com a "Bola de Ouro" (prêmio que é concedido pela marca Pênalti aos melhores do ano em diversas modalidades esportivas).

Destacaram-se também os eventos  como o Super Futevôlei, como altos índices de Ibope na Rede Globo, a participação do legendário Maradona m apresentações na rua Miguel Lemos em Copacabana, as Copas Skol, (noticiadas na mídia em nível nacional) e também a exaltação do esporte em novelas da Rede Globo como Pecado   Capital    (onde o ator

Eri Jonhson, praticante do Futevôlei interpretou personagem que jogava Futevôlei na Barra e Ipanema) e a novela na qual o jogador Romário apareceu em algumas cenas.


   Ao lado uma foto de Willian Borges chamado de Willian Brasil, atualmente radicado no Havaí e que teve participação na origem do Futevôlei.  Clique aqui ou sobre a foto para ler uma espetacular entrevista dada para o site havaiano onde ele conta a história do Futevôlei (ao entrar no link desça até o meio da página para encontrar a entrevista).


Da esquerda para a direita: Willian, Marcos Xola (um dos primeiros patrocinadores do Futevôlei) e Selminho comemorando o sucesso de um evento na década de 80.


webdesign: Félix Soibelman ( textos e figuras protegidos pelas leis de direito autoral)
histórico

      Rio de Janeiro, Capital  Mundial do Futevolei  *** Futevolei, Arte dos pés à cabeça *** 2002 : Brasil campeão mundial de Voleibol e Futebol (Futebol + Vôlei = Futevolei ) *** Futevolei esporte genuinamente brasileiro